BitClub Operador de rede alega culpado

O operador da rede BitClub Joseph Abel se declarou culpado de aspectos de seu papel no esquema
Abel é um dos cinco que dirigiram o esquema Ponzi de 2014 a 2019
Dois associados estão na cadeia, outro se declarou culpado, e o fundador está aguardando as acusações.

Joseph Abel, um dos cinco operadores do esquema Bitcoin Trader Ponzi Network BitClub, confessou-se culpado das acusações de subscrever uma falsa declaração de impostos e oferecer títulos não registrados.

Abel é o quarto membro da quadrilha a ter se declarado culpado ou já estar na prisão por sua parte no esquema de mineração Bitcoin que recebeu mais de $720 milhões, sendo o fundador o único membro restante ainda a responder por seu papel no esquema de criptografia.

Abel para juntar-se à Lista de Aves da Rede BitClub

Abel ajudou a operar a Rede BitClub por mais de cinco anos e meio ao lado de Matthew Goettsche, Jobadiah Weeks, Silviu Balaci, e do fundador Russ Medlin.

Goettsche e Weeks já estão atrás das grades, e Abel agora enfrentará até cinco anos de prisão após apresentar sua declaração de culpado. Como Abel, Balaci se declarou culpado em julho e também está aguardando a sentença.

Este deixou o fundador Medlin como o único membro restante da quadrilha em liberdade, mas foi preso em Jacarta por agressão sexual a menores. A gravidade deste crime pode significar que ele pode não enfrentar acusações por seu papel na BitClub Network, pelo menos não de imediato.

Esquema de Cinco anos e Meio Netted Over $720 Milhões

O esquema BitClub Network foi lançado em 2014 disfarçado de um serviço de mineração Bitcoin. O serviço era legítimo na superfície, com os primeiros investidores recebendo seus benefícios prometidos, mas nos bastidores a operação estava se transformando em nada mais do que um esquema Ponzi, com os investidores posteriores pagando os primeiros.

As advertências sobre a legitimidade da Rede BitClub começaram a surgir em 2018 quando as recompensas dos investidores começaram a cair, embora a gangue tenha mantido o esquema até que eles tivessem arrecadado mais de US$ 720 milhões, com os investimentos financiando o estilo de vida da gangue – e ocasionalmente sendo usados para pagar os investidores.